Make your own free website on Tripod.com

Enciclopedia de Númaior - Artigos

"Libros - fonte de erudição."

Libros

Início da civilização humana em Númaior. Arqueólogos eruditos afirmam que a tese mais aceita para tal início é de que embarcações aportaram nas redondezas de Libros(a nazbiata), e, pelo rio Ribamenos foram até o sul. Seja como for, o povo de Libros jamais esqueceu o conhecimento ancestral de navegação, tornando-se um povo que sempre esteve na vanguarda dessa arte.

Os carachis sairam da primitiva Libros e se espalharam pelas matas. Com esses, Libros, mantinha bons relacionamentos, inclusive com carachis que, segundo se sabe em Libros, violaram a regra carachi de manter pequenas aldeias, e proibiram os seus de se dispersarem. Estes se chamavam sistartes, e formaram um grande império.

Abratena, Libros e vilarejos pequenos formavam um reinado comandado por Libros. Libros ficava onde hoje é a cidade de Ernesto Salud, na quarta Oriental de Valinort. Abratena ficava ao sul de Marechal Cruz e Souza, já na Quarta Meridonal, na cidade de Bratinhos. Ao norte, na atual Canoeiros de Quétol, ficava um vilarejo que servia de QG para os pescadores de Libros. De fato, praticamente todo homem de Libros sabia navegar, seja no Rio Ribamenos, outrora somente "Águas do interior", ou no Grande Valíadas, outrora somente "Águas do mar" de onde vieram seus ancestrais, e que ninguém sabia onde começava, ou onde acabava.

Durante o segundo período, Libros não resistira. Sucumbira ao poder sistarte. No 11 ano do reinado de Antanimos(os reis tinham cargos vitalícios, mas a autoridade não era hereditária) os homens de Libros foram atacdos pelos sistartes e sucumbiram.

Claro que o grande rei sistarte Vilzafe estava interessado não em colonizar a região, mas tomar as riquezas materiais e intelectuais de um povo diplomático que pouco se procupava com guerras. Por isso, vilarejos sem importância não foram notados, e Libros voltava a crescer, sem poder centralizado, sem ser notada.

.